gabrielrobertflores:

…and we all agreed on the same thing

gabrielrobertflores:

…and we all agreed on the same thing

(Fonte: gabrielrobertflores.com)

16.271 notas

Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo. Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele. Sou inconstante e talvez imprevisível. Não gosto de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras. Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo. São poucas as pessoas pra quem eu me explico…
Bob Marley.  (via cerejeiro)

(Fonte: abrenunciada)

260 notas

Tem dias que só o que eu quero é ficar sozinho, sem conversas, sem ninguém, ouvindo minhas músicas preferidas, numa quietude que me faz bem e que me dá sossego. Ás vezes o que eu só preciso é paz-na-alma, um tempo de tudo, sabe? Refletindo sobre a minha vida, conversando comigo mesmo. Mas isso, é claro, de vez em quando, porque solidão em excesso faz mal.
Marcello Henrique. (via poetadoalem)

(Fonte: sou-inseguro)

10.798 notas

Eu não sou uma pessoa perfeita. Há muitas coisas que eu gostaria de não ter feito. Mas eu continuo aprendendo. Eu nunca quis fazer aquelas coisas com você. E então eu tenho que dizer antes de ir, que eu apenas quero que você saiba. Eu encontrei uma razão para mim. Para mudar quem eu costumava ser. Uma razão para começar de novo. E a razão é você. Eu sinto muito ter te magoado. É algo com que devo conviver todos os dias. E toda a dor que eu te fiz passar, eu gostaria de poder retirá-la completamente, e ser aquele que apanha todas as suas lágrimas, é por isso que eu preciso que você escute. Eu encontrei uma razão para mim. Para mudar quem eu costumava ser. Uma razão para começar de novo. E a razão é você.
Hoobastank (via revejo)

(Fonte: resolto)

1.530 notas

Gostaria de deixar os vidros fechados antes da chuva. Gostaria de dar três voltas na chave e não esquecer que estou dentro de mim. Gostaria de parecer inteligente diante de pinturas abstratas. Gostaria que ele não perdesse os amigos para ficar comigo. Gostaria de levá-lo ao cinema para depois recuperar as legendas em sua boca. Gostaria de me assustar mais seguido para procurá-lo com veemência. Gostaria de recolher as migalhas da mesa e arremessar o alvoroço das aves pela sala. Gostaria de sussurrar comida na colher de pau. Gostaria de conduzir um táxi para comentar o tempo. Gostaria de espalhar cigarras e vaga-lumes pela grama e vê-la tropeçar em minha voz. Gostaria de ter sempre a sinceridade de quem sente fome.
Fabrício Carpinejar. (via velejar-ei)

(Fonte: cafecmletras)

3.136 notas

Quem sabe eu ainda sou uma garotinha, esperando o ônibus da escola, sozinha. Cansada com minhas meias três quartos, rezando baixo pelos cantos, por ser uma menina má. Quem sabe o príncipe virou um chato, que vive dando no meu saco. Quem sabe a vida é não sonhar. Bobeira é não viver a realidade, e eu ainda tenho uma tarde inteira. Eu ando nas ruas, eu troco cheques, mudo uma planta de lugar. Dirijo meu carro, tomo meu pileque, e ainda tenho tempo pra cantar. Eu só peço a Deus, um pouco de malandragem, pois sou criança e não conheço a verdade. Eu sou poeta e não aprendi a amar.
Cássia Eller.   (via cerejeiro)

2.226 notas

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você, o sal viria doce para os novos lábios. Colombo procurou as índias mas a terra avistou em você, o som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário. Estranho é gostar tanto do seu All Star azul, estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras, satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador, aperto o 12 que é o seu andar, não vejo a hora de te reencontrar e continuar aquela conversa que não terminamos ontem, ficou pra hoje. Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu. Seu All Star azul combina com o meu preto de cano alto. Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço? O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato.
Nando Reis. (via velejar-ei)

(Fonte: subitos)

7.682 notas

Desejo a você: Cheiro de jardim. Namoro no portão. Domingo sem chuva. Segunda sem mau humor. Sábado com seu amor. Filme do Carlitos. Chope com amigos. Crônica de Rubem Braga. Viver sem inimigos. Filme antigo na TV. Ter uma pessoa especial - e que ela goste de você. Música de Tom com letra de Chico. Frango caipira em pensão do interior. Ouvir uma palavra amável. Ter uma surpresa agradável. Ver a Banda passar. Noite de lua cheia. Rever uma velha amizade. Ter fé em Deus. Não ter que ouvir a palavra não. Nem nunca, nem jamais e adeus. Rir como criança. Ouvir canto de passarinho. Sarar de resfriado. Escrever um poema de amor, que nunca será rasgado. Formar um par ideal. Tomar banho de cachoeira. Pegar um bronzeado legal. Aprender um nova canção. Esperar alguém na estação. […] Uma festa. Um violão. Uma seresta. Recordar um amor antigo. Ter um ombro sempre amigo. Bater palmas de alegria. Uma tarde amena. Calçar um velho chinelo. Sentar numa velha poltrona. Tocar violão para alguém. Ouvir a chuva no telhado. Vinho branco. Bolero de Ravel. E muito carinho meu.
Carlos Drummond de Andrade.    (via distanciava)

(Fonte: embriagar-se)

16.206 notas